quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Eiras Single Track 2009

Boas!!! Malta do pedal!!!
Ficou ao meu encargo o relato da fantástica manhã de Domingo, passada no, “Single Track Eiras 2009.
Tarefa fácil, pois adoro BTT, e gosto de escrever o quanto baste…
Eu sou o Marco, elemento mais novo da malta, para quem não conhece, os CRAZY TEAM BTT (Poucos mas bons)!
Inicio o meu modesto relato, fazendo o retrato do dia que estava nessa manhã, ou seja, em poucas palavras, o Sol brilhava, dando o ar da sua graça! O S. Pedro gosta cá da malta… damos-lhe luta, não é amigos? Muita chuvinha já levamos em cima sem largar o ferro!
Bem, manhã fantástica, amigos de luxo, e desta forma, todas as condições estavam reunidas para que o dia se inicia-se bem. E assim foi, ou melhor, fomos, viradinhos a Eiras, com as bikes agarradinhas aos carros, ansiosas por sentir o gosto da terra húmida que tanto gostam…
Já em Eiras, deparamo – nos com as grandes máquinas, que certamente fariam as delicias dos seus pilotos, pelos belos trilhos, tão bem preparados pelos anfitriões desta festa, os RODA PEDALEIRA.
Após as devidas inscrições, e as últimas ajustadelas às bikes, lá partimos nós, pelos montes e vales, muito loucos, cheios de adrenalina e puro prazer, mas muito, muito duros, de tal forma que, ao km 8, o nosso mano Bruno, sofre uma queda, que o condiciona e faz com que perca o rastro dos seus manos, no caso, eu e o André (Grandão). Mas trata- se do grande Bruno, que não se dá por vencido, chegando com mérito ao reforço, onde, talvez por ter arrefecido, sentiu dores fortes, resolvendo ficar por ali, esboçando ainda uma tentativa de seguir, mas em vão…
Longe disto, a “curtir bué”, e sem saber o que havia acontecido ao nosso amigo, seguíamos, eu e o Grandão. Mesmo sabendo que se tratava de um passeio, nós encaramos isto como um mini- teste. Temos andado regularmente, e nada melhor que um circuito durinho, para testar o físico do pessoal. Fomos sempre juntos, apreciando o trabalho brutal que o circuito deu a quem, com esforço, fez possível de atravessar. Parabéns a Ricardo e companhia! Estava tudo muito fixe, muito técnico, mas fixe!
Há algumas críticas, mínimas, mas é nos pormenores que estão as grandes diferenças.
Pessoal, uma placa a dizer, “FIM”, ficava giro, e dava jeito.
Quantos km eram?
E comer de pé, não foi muito agradável… Mas para o ano será ainda melhor, e ai sim, será 5estrelas!
Eis quando chegamos ao fim, julgamos nós, e somos recebidos pelas nossas meninas… umas cervejinhas! HI, HI, HI… Não esquecendo as nossas ímpares senhoras que se fizeram acompanhar das máquinas fotográficas para registar os melhores momentos. Foi muito boa a presença delas… Tornam tudo mais lindo!
Por fim, o merecido banho, e o não menos merecido almoço!
Fausto, não me esqueci de ti, mas tu não te lembraste que tinhas de pedalar, e ficaste de olho no afilhado…vai treinando! És o maior!!!
Resta- me agradecer e dar os parabéns aos, RODA PEDALEIRA, que estiveram muito bem na organização.
Aos meus Amigos, tudo de bom. É maravilhoso partilhar com eles o prazer que as bikes nos dão…
Até à próxima.

Cumprimentos a todos

Marco Ferreira

Ficam as fotos para recordar:


O Bruno,já depois do "tralho"...


...aqui já era visível o esforço dele para continuar.


O Marco,em grande forma...


...e assim continuou até ao final.


O André,num dos lugares de passagem muito bonitos...


...na perseguição ao Marco...


Nada melhor para dar força do que a presença de quem ama-mos,e quem tanta paciência tem para aturar o nosso vicio...e a Sandra??? Onde anda ela???


...ahh vens ai,calma rapariga também não é preciso vires a correr...ahahah...


O belo manjar...


O melhor destes eventos,tirando pedalar,o convívio.


Para finalizar,uma foto da máquina mais antiga do evento.

2 comentários:

Sandra Margarida Rodrigues disse...

Os meus PARABÉNS Bruno pelo excelente trabalho que está no vosso blog.

E claro os PARABÉNS ao reporter Marco Ferreira que mostrou que afinal sabe mais do que andar de bicicleta :)

Beijos
Sandra Barra

Bruno Amaral disse...

Obrigado Sandra,quanto ao Marco,este elemento não nos deixa de surpeender,deixo aqui também os meus PARABÉNS para ele.

Bruno Amaral